Pirenópolis fará parte do caminho inspirado no de Santiago de Compostela

Pirenópolis fará parte do caminho inspirado no de Santiago de Compostela

Começando em Corumbá de Goiás em seguida passando por Pirenópolis e se estendendo por 280 km, o Brasil ganhará o seu próprio Caminho de Santiago, famosa rota de peregrinos na Espanha: o Caminho de Cora Coralina, que homenageia a escritora goiana.

Iniciativa do governo de Goiás, o local é inspirado na famosa rota espanhola e a previsão é de que ela seja oficialmente inaugurada em março — porém, a Goiás Turismo, agência do governo goiano, ainda não confirmou a data (por se tratar de uma ação permanente, que demanda um trabalho complexo).

“O que vale na vida não é o ponto de partida e sim a caminhada.” Quando escreveu esse trecho, a escritora goiana Cora Coralina não teria como imaginar que emprestaria seu próprio nome a uma rota pelo interior de seu estado natal. E a promessa é de que o Caminho de Cora Coralina seja mesmo “um caminho de histórias, poesias, natureza, encontros, gastronomia e aventura”, como idealiza Gabrielle Carvalho, assessora da gerência de projetos e produtos turísticos da Goiás Turismo.

Além de Pirenópolis a estrada também irá levar os viajantes a  São Francisco de Goiás, Jaraguá, Itaguari, Itaberaí e Cidade de Goiás. De acordo com Gabrielle, essa rota “corresponde a um trecho da antiga Estrada Colonial, aberta nos anos de 1730”. O caminho ligava Salvador à Vila Bela da Santíssima Trindade, primeira capital do Mato Grosso.

 

História, cultura e natureza

Quilômetro a quilômetro, os viajantes encontrarão diversas atrações naturais, entre elas cachoeiras, picos e serras. Como as cidades que compõem a trilha são históricas, há também informações culturais ao longo da caminhada.

Além das cidades, fazem parte do roteiro os povoados de Caxambu e Radiolândia, em Pirenópolis, Vila Aparecida, Alvelândia e Palestina, em Jaraguá, São Benedito, em Itaberaí, e Calcilândia, em Cidade de Goiás. O Salto de Corumbá, o Pico dos Pirineus, a Serra de Jaraguá e o Parque Municipal Estrada Imperial fazem parte do trecho.

Para a Goiás Turismo, o Caminho de Cora Coralina é uma maneira de “desenvolver e fortalecer os circuitos de cicloturismo e caminhadas de longa distância de Goiás; despertar nas pessoas o interesse pela prática de atividades ao ar livre, integrar turismo, cultura, história, esporte, saúde e meio ambiente”.

Assim como acontece no Caminho de Santiago, que vai até Santiago de Compostela, na Galícia, norte da Espanha, hotéis, pousadas, restaurantes e outras estruturas de apoio estão sendo mapeados para facilitar a programação dos viajantes.

Esses pontos devem ser divulgados ao público por meio de um site e de um aplicativo para celular. Por enquanto o que está sendo feita é a sinalização de todo o percurso por meio de marcações com spray.

Investimentos

De acordo com Gabrielle, “até o presente momento o investimento foi de apoio a voluntários participantes da sinalização. A maioria dos trabalhos está sendo executada por voluntários”. O recurso necessário para adquirir o material de sinalização está vindo do “Programa Experiências na Natureza da Goiás Turismo”.

Todo o projeto faz parte do plano “Goiás Experiências Inesquecíveis”, criado pela agência em 2014. No fim de 2016 foi apresentada ao governo a proposta e estruturação do Projeto Caminho dos Goyazes. O objetivo é desenvolver rotas regionais, estaduais e interestaduais.

O Caminho de Cora Coralina é a rota correspondente à Região do Ouro. Na Região da Chapada dos Veadeiros, por sua vez, há o Caminho da Chapada dos Veadeiros. Para desenvolver a sinalização e ajudar na tarefa de estruturação, metodologia, engajamento e implementação das trilhas de longo curso a Goiás Turismo teve o apoio do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

"Os próximos passos serão: auxiliar na capacitação dos comerciantes locais, construção de pontos de apoio ao caminhante e ciclista e criação do site e aplicativo para facilitar o acesso à informação dos usuários”, explica Gabrielle.

Deixe seu comentário!