74 anos depois, VW produz o último Fusca da história

No mês passado, o último dos Fuscas, foi produzido na fábrica de Puebla, México. Após 74 anos na ativa, o venerado Volkswagen Fusca finalmente sai de cena, com as pompas de ter sido um dos carros mais importantes de todo o mundo dos automóveis.

Das suas raízes militares e de veículo de democratização do transporte individual, o Fusquinha passou a deter um estatuto de automóvel de culto por todo o mundo, conquistando a eternidade.

Em Pirenópolis, e até hoje, o fusca ainda faz sucesso entre moradores e, principalmente, turistas. É fácil encontrar de dois a três modelos coloridos estacionados na mesma rua.

Desde quando ele nasceu, em 1945, foram produzidas 21 milhões de unidades. O Brasil, sozinho, tornou-se o terceiro país onde se matricularam mais unidades – 3 milhões – só atrás da Alemanha e dos Estados Unidos.

Deixe seu comentário!